26 de mai de 2012

Academia Araraquarense de Letras



Aconteceu nesta quinta-feira, 25 de maio, no Centro Internacional de Convenções "Dr. Nelson Barbieri", a posse dos 37 membros da Academia Araraquarense de Letras.

A Academia foi fundada em 19 de abril de 2009 por iniciativa da escritora Aparecida Jesus de Godoy Aguiar - a autora da letra do Hino de Araraquara - e tem por objetivo aprimorar o conhecimento da Língua Portuguesa.

A Produção Literária tem o imenso orgulho de contar com três acadêmicas entre os seus alunos, sendo elas:

  • Darcy Maria Alves Barelli: ocupante da 6ª cadeira, que tem como matrona Cecília Meireles
  • Adriana de Cássia Carvalho: ocupante da 12ª cadeira, que tem como patrono Oswald de Andrade
  • Sônia Maria de Souza Guzzi: ocupante da 14ª cadeira, que tem como patrono Rodolfo Telarolli

Uma Academia de Letras desponta sempre como uma grande esperança para a Literatura de uma cidade e de sua área de influência. Nada mais importante para um cenário literário do que uma instituição que, acima das Bibliotecas - estes templos sagrados da Literatura! -, propõe-se a trabalhar diuturnamente pelo bem de nossa Arte.

Nos programas das Academias de Letras do Brasil e do mundo constam regularmente diretrizes para pesquisas filológicas, etimológicas e até mesmo linguísticas que enriquecem por demais a Literatura uma vez que seus membros têm a oportunidade de aplicar na prática, séria, direta e objetivamente, o resultado de seus estudos. A Academia Araraquarense de Letras conta com um número considerável de membros dispostos a fazer isso acontecer.

As atividades não param por aí: Academias de Letras oferecem também seminários, oficinas e palestras à população - além de uma bela de uma biblioteca especializada em Literatura, Estudos Literários e Teoria Literária. As realizações das Academias de Letras geralmente são divulgadas em revistas próprias, assim como os trabalhos de seus acadêmicos ou mesmo de eventuais membros correspondentes. Os eventos mais importantes promovidos pelas Academias de Letras, porém, são sem sombra de dúvida os concursos literários instituídos por elas, oferecendo a novos autores - que não seus próprios membros, é lógico - prêmios vetustos em dinheiro, atraentes o suficiente para estimular a produção de Literatura de qualidade.

Considerando todos esses fatores, temos inúmeras razões para estarmos satisfeitíssimos com a posse dos membros da Academia Araraquarense de Letras e lhes desejarmos BOA SORTE nesta empreitada sem fim: afinal eles são imortais!


Leia a matéria no site da Prefeitura Municipal de Araraquara clicando aqui.
Leia a matéria no blog de Sônia Guzzi clicando aqui.

Um comentário:

  1. Deve ser emocionante fazer parte dessa turma. Parabéns a todos. Que bom que algumas pessoas ainda valorizam a literatura!

    ResponderExcluir